Dicas & Novidades

Simone Selem apresenta na 1 Mostra Casas Conceito, a Varanda Flamboyant

Por: John Doe

Em projeto inspirado nas Suas raizes, Simone Selem apresenta na 1 Mostra Casas Conceito, a Varanda Flamboyant.

As texturas rústicas marcantes, reproduzindo o efeito do tempo, estiveram presentes nas escolhas para o projeto. O piso cimenticio rústico da Castelatto em peças retangulares, tem uma paginação escama de peixes para propor movimento e aconchego. Armarios e estantes com mdf em tom natural e lavado, harmonizam com o tijolo tipo inglês Branco da Lepri, projetado para receber a projeção dos empreendimentos da Odebrecht Realizações que apoia a Mostra!

A poltrona, Senhor, a mais low profile de todas, em couro sola, madeira de lei e detalhes em latão, do designer Jaime Bernardo faz um convite ao relaxamento. As cadeiras com braços da mesa redonda de almoço, em linha natural complementa as escolhas naturais para o ambiente! 2 poltronas de balanço em corda náutica, estrategicamente fixadas no teto, harmonizam com o conceito de texturas e conforto da varanda! O detalhe em concreto aparente no entorno do forro externo da construção original foi preservado.

As folhas de vidro que fazem o fechamento da varanda, e as portas que correm entre si propiciam o contato com o terreno repleto de vegetação tropical! Persianas com suaves lâminas de tecidos transparente controlam o nível desejado de luz trazendo a luminosidade do ambiente externo para dentro da varanda! Um destaque especial para automação do ambiente que tem função sustentável de controle da energia (abertura persianas, controle iluminação e ar refrigerado! Pensando na acessibilidade do espaço, um cubo em braile de metal faz com que o visitante deficiente visual, possa sentir as diferentes sensações através das cenas de luz propostos no ambiente!

Para a produção das estantes, nichos e piso, garimpei elementos que traduzem a beleza e o valor do handmade como as cestarias africanas coloridas, vasos em barro e cerâmicas líquidas, esculturas em barro e madeira... A minha inspiração foi a varanda com características muito similares em que frequentei na minha infância, ao lado da minha família, no sítio do meu pai, onde passávamos horas conversando e reunidos!